4909528.jpg

Notícias e Informações

Oferecemos as melhores soluções em cabos de energia solar

cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
4909528.jpg
  • Luciana Piccinini

O que você precisa saber sobre Cabos para Sistemas Fotovoltaicos

Atualizado: Out 26


Hoje em dia, os sistemas fotovoltaicos estão se tornando cada vez mais comum no mercado. Muitas empresas, condomínios e imóveis residenciais os adotam como alternativa para reduzir custos e utilizar uma fonte renovável de geração de energia. Porém, para poder implementá-los corretamente, é necessário utilizar cabos para sistemas fotovoltaicos de qualidade.


Neste artigo, vamos explicar as principais coisas que você precisa saber sobre esses componentes e como usá-los. Acompanhe.

Quais são os tipos de cabos para sistemas fotovoltaicos?

Existem diferentes tipos de cabos que podem ser usados em sistemas fotovoltaicos, os quais cumprem diferentes funções dentro do sistema. Veja aqui os principais tipos e como eles são usados:


• Cabo principal DC: cabos responsáveis pela ligação entre o gerador e o inversor. Recomendados para quando a caixa de junção está em ambiente interno, pois são mais sensíveis à radiação solar;

• Cabo de módulo: esses são os cabos que ligam a caixa de junção e os módulos do gerador. São componentes fundamentais para garantir que a energia produzida pelas células fotovoltaicas caminhe pelo circuito corretamente;

• Cabo de ramal AC: é o cabo que liga o inversor à rede receptora, onde a energia é utilizada. Por segurança, a ligação do cabo deve ocorrer com um equipamento de proteção como intermediário.

Quais cuidados devem ser tomados na instalação?

Para garantir a sua segurança, é importante que os cabos para sistemas fotovoltaicos sejam instalados da forma correta. Veja aqui alguns dos principais cuidados a serem tomados:

Temperatura de trabalho


Parte da energia de uma corrente elétrica se perde na foram de calor quando passa pelo fio. Por isso é importante ter em mente quanto calor ele gera e como isso afeta o desempenho e segurança do seu sistema. É necessário ter atenção redobrada ao limite de temperatura especificado pelo fabricante para não causar acidentes, especialmente se muitos desses cabos estiverem no mesmo espaço ou se ficarem em um local com alta temperatura.


Distância máxima de circuitos


Também há efeitos negativos na eficiência do condutor se a distância entre dois desses componentes for muito longa. Por isso é importante que o espaçamento seja levado em conta para evitar casos em que há perda de energia durante a condução. A melhor forma de prevenir isso é planejar melhor o posicionamento de cada componente dentro do imóvel.


Capacidade de corrente


Diferentes fiações elétricas possuem diferentes tensões de corrente. Sendo assim, seu sistema fotovoltaico também deve seguir a mesma tensão para não causar curtos nem risco de acidentes.


Fixação segura


A forma como os cabos para sistemas fotovoltaicos são dispostos e instalados afeta diretamente sua eficiência e a sua segurança. Primeiramente, eles devem ser posicionados de forma que não fiquem tensionados, pois isso aumenta os riscos de que eles se arrebentem, prejudicando a condução de energia e aumentando o risco de acidentes. Além disso, também devem ser encapados com cuidado para que não ocorra oxidação dos fios.


Se você quer os melhores cabos para sistemas fotovoltaicos em seus projetos, entre em contato ou visite o site da REICON agora mesmo e confira nossos produtos.



Telefone: (15) 4101-0617 | (15) 99167-7000 (WhatsApp)

E-mail: contato@reicon.ind.br


9 visualizações0 comentário