4909528.jpg

Notícias e Informações

Oferecemos as melhores soluções em cabos de energia solar

4909528.jpg
  • jeanjeferson0

Consciência sustentável cresce no Brasil e no mundo

A pandemia de Covid-19 acelerou tendência para sustentabilidade e mostrou que o caminho para uma recuperação econômica mundial precisa ser verde e saudável





A pandemia acelerou uma tendência que já vinha se estabelecendo no mundo e no Brasil: a busca pelo consumo consciente e por uma vida mais sustentável. O isolamento social e os efeitos da doença provocaram uma expressiva revisão de valores e propósito em muita gente. Em momentos de crise como o atual, o que é importante fica claro rapidamente. Na prática, os consumidores estão mais atentos a marcas e empresas que desempenham um papel adicional no negócio em relação à sociedade.


Segundo uma pesquisa da consultoria McKinsey & Company, boa parte das pessoas começou a repensar seus hábitos de consumo durante a pandemia. Cerca de 60% dos consumidores estão fazendo mudanças significativas em seu estilo de vida para reduzir o impacto no meio ambiente. Além disso, dois terços das pessoas acham mais importante do que antes limitar os efeitos das mudanças climáticas – e, por consequência, tentar conter novas pandemias. A Organização Mundial da Saúde identificou que as mudanças climáticas são a principal causa de doenças infecciosas e da disseminação da resistência a organismos como vírus e bactérias, aumentando o risco de epidemias futuras.


Os números chamam a atenção e vemos exemplos reais de preocupação com a sustentabilidade em mais debates sobre o desmatamento da Amazônia e as queimadas no Pantanal, que acenderam ainda mais o sinal de alerta para a sustentabilidade no Brasil. A pauta ambiental está também na esfera política: a eleição do democrata Joe Biden para a presidência dos Estados Unidos também é um sinal de que as discussões sobre sustentabilidade deverão colocar o Brasil sob pressão nos próximos meses.

Neste momento crucial que o mundo está vivendo, com consequências profundas e devastadoras da pandemia, entre elas a perda de mais de 1,6 milhão de vidas, a economia dos países foi muito abalada e já está causando um período de recessão de longo prazo. É preciso unir as preocupações com a retomada econômica e a sustentabilidade. Os governos deverão criar políticas de incentivo para a aceleração, mas não podemos fazer como antes, estimulando uma economia com altos índices de emissão de carbono. Os governos têm agora a oportunidade de impulsionar uma retomada sustentável, mais verde e resiliente. Há um ponto de virada importante pela frente.

Nesse processo, a ampla adoção de energias renováveis é fundamental. E vai tanto fazer bem para o planeta como também para os caixas públicos. Dados da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena) apontam que para cada US$ 1 milhão investido em energias renováveis são criados pelo menos 25 empregos. A agência estima ainda que transformar sistemas de energia com base em energias renováveis pode aumentar o PIB global em US$ 98 trilhões nos próximos 30 anos, além de criar 63 milhões de novos empregos em fontes renováveis e de eficiência energética.


Aqui no Brasil, um dos nossos principais potenciais para o aumento na adoção de energias sustentáveis passa pela matriz solar. Em 2020, o setor de energia solar teve um crescimento de quase 60% em comparação a 2019, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Também entramos para a lista dos países que mais geram empregos. Foram 43 mil novos empregos em 2019, segundo a Irena. Estamos na oitava posição, à frente de países tradicionais como Alemanha e Reino Unido. O potencial de crescimento para os próximos anos é ainda maior. O estímulo à adoção de mais fontes de energias renováveis pode fazer muito bem para a economia brasileira. E ainda nos colocar um pouco mais perto dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) para 2030.


Autor: Leandro Martins

Fonte: https://celulaenergia.com/consciencia-sustentavel-cresce-no-brasil-e-no-mundo/

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo