4909528.jpg

Notícias e Informações

Acompanhe nosso blog com notícias e informações

cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
cabo novo reicon.png
4909528.jpg
  • Luciana Piccinini

Como utilizar a Energia Solar no Agronegócio?

Atualizado: 25 de abr.





Nos últimos anos, a utilização da energia solar no agronegócio aumentou consideravelmente.

Conforme informações da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), o agronegócio já representa cerca de 13,2% da potência solar brasileira em 2020. Considerando a quantidade de energia elétrica que precisa ser consumida como parte da produção agrícola e os custos envolvidos, é fundamental para todo produtor rural procure meios de reduzir ao máximo seu consumo.


Acompanhe e entenda um pouco mais sobre o uso da energia solar no agronegócio.


Benefícios da energia solar no agronegócio

Independente da atividade realizada, o uso de painéis solares pode trazer vários resultados positivos. Alguns dos principais exemplos são:


1. Redução de custos

Naturalmente, utilizar painéis solares para suprir a demanda de energia reduz drasticamente a conta de luz. A longo prazo, essa economia traz um grande retorno para o investimento.


2. Tecnologia mais acessível e facilidade de crédito

Hoje em dia, é cada vez mais fácil investir em uma rede fotovoltaica, mesmo que comece em pequena escala. Os recursos necessários são bem mais acessíveis e de menor custo.


3. Menor impacto ambiental

A demanda por energia elétrica exige a construção de usinas, as quais afetam negativamente o meio-ambiente. Ao buscar fontes alternativas de energia, há menor necessidade de construir novas usinas, evitando esses danos ambientais.


Principais aplicações da energia solar no agronegócio

O uso da energia solar no agronegócio pode variar bastante de acordo com as suas atividades. Alguns dos principais exemplos de suas aplicações são:


1. Áreas residenciais

O uso de painéis solares em casas em zonas rurais é excelente para garantir mais conforto e evitar perda de energia. Algo especialmente importante para trabalhadores e produtores que atuam em áreas mais remotas, onde a manutenção da rede elétrica seria mais difícil e demorada.


2. Agricultura de precisão

Combinada com outras formas de tecnologia, como GPS e torres de comunicação, a energia solar permite a criação de módulos independentes e autônomos, os quais viabilizam um trabalho mais preciso de agricultura. O resultado disso é um aumento na produção e redução do desperdício.


3. Ordenha e resfriamento

Máquinas de ordenha e tanques de resfriamento de leite também exigem bastante energia elétrica para funcionarem adequadamente. Sendo assim, suprir essa demanda com a energia gerada por painéis fotovoltaicos é bem mais conveniente e de menor custo.


4. Proteção de rebanhos

Garantir a segurança do gado é uma das principais prioridades dentro da agropecuária. E os painéis solares também podem ser usados com essa finalidade, com sua energia sendo direcionada para extensões de cerca elétrica. Se fosse suprida por uma rede padrão, o custo de energia seria muito mais alto.


5. Ventilação de granjas e currais

Boa ventilação é fundamental para garantir a saúde de aves e do rebanho, especialmente em épocas de muito calor. Sistemas de ventilação também se beneficiam bastante de um suprimento de energia solar, já que precisam ficar ativos 24 horas por dia.


Investir em energia solar no agronegócio abre várias portas, melhorando a qualidade do trabalho e reduzindo seus custos. Basta contar com a ajuda certa para fazer o planejamento e instalação desses recursos.


A Reicon produz cabos solares de alta resistência e desempenho para sua instalação fotovoltaica. Venha conversar e conheça nossos produtos.


Telefone: (15) 99167-7000 (WhatsApp)

E-mail: contato@reicon.ind.br


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo